Beja regressa ao período DO romano de 23 a 25 de maio

Como em todas as capitais reconhecia-se em Pax Iulia um conjunto de edifícios relacionados com o exercício do poder civil, administrativo, jurídico e com o culto imperial. Era no fórum, a praça principal da cidade, que se localizavam esses edifícios de prestígio. A imponência e a singularidade das construções do forum de Pax Iulia, revela-se hoje nos vestígios arqueológicos que se vão colocando a descoberto. Em Beja, o forum localizava-se junto à actual Praça da República, como testemunham as escavações recentemente realizadas nesse local, as quais   permitiram revelar  o maior templo romano conhecido em território nacional.

A importância dos diversos achados que se vão observando, um pouco por todo o centro histórico da cidade, remetem-nos para a existência de outros edifícios, ainda que até ao presente não tenhamos logrado localizar o teatro, o anfiteatro ou o circo, edifícios que, certamente, existiram em tão importante cidade. A cidade romana sofreu alterações ao longo do tempo, os seus principais espaços adaptar-se-iam aos novos modelos e exigências funcionais que a evolução do vasto Império iria ditando.

Sob o tema da partilha de culturas, o Festival Beja Romana surge como  um encontro do património local, de um período específico da nossa história, com a atualidade. Este ano são apresentados aos  visitantes diversos itinerários por exposições,  conferências, visitas pedagógicas, oficinas didáticas, música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo e outras experiências. Estas são algumas das propostas para a Beja Romana, este ano com uma maior aposta nas atividades educativas e no envolvimento das escolas do concelho. 

 

Bem vindo a Pax Julia!

Para mais informações: get@cm-beja.pt | 284 311 800

ACAMPAMENTO MILITAR

Várias tendas de soldados (contubernium), que fazem rondas à volta da zona do mercado e atividades militares interagindo com o público. Apresentação de atividades de combate clássico. Realização de visitas guiadas de forma a enquadrar as atividades à época explicando os diferentes equipamentos e técnicas de execução e função dos artefactos (réplicas), dando a possibilidade de experimentar alguns dos equipamentos expostos;

ARTES E OFÍCIOS

Tendas de trabalho ao vivo, aqui podemos observar como funcionavam diversos ofícios (tecelagem, mosaicos, costura, armeiro, arqueiro, ferreiro, mostra de armas). Realização de visitas guiadas de forma a enquadrar as atividades à época explicando os diferentes equipamentos e técnicas de execução e função dos artefactos (réplicas);

ÁREA EDUCATIVA

DOMUS DEORUM – a Casa dos Deuses no núcleo do MRB da Rua dos Infantes.

Visitas pedagógicas pelo centro histórico.

Exposições com a arte e arquitetura romanas.

Atividades desenvolvidas pelas escolas do concelho.

Oficinas Didáticas

Trabalho ao vivo em lã – cardação e fiação.

Trabalho ao vivo sobre tesseratium (mosaico romano).

Cozinhar as receitas romanas.

LUDUS

Jogos infantis de rua e de tabuleiro.

Litterarius

Na escola romana, será abordado o Trivium com palestras e exercícios de Escrita romana sobre 

Tabulae Ceratae para poderem experimentar a escrita do latim. Estarão disponíveis Calamus e outros materiais para escrita.

Museu Vivo

Zona de atividades e exposições.

 

Domus Romana

A casa romana, exposição, atividades da rotina

da vida romana.

ARTES CIRCENSES

As artes circenses fazem as delícias dos visitantes com a irreverência e destreza que lhe são próprias. Espetáculos de fogo, cativantes e  marcantes, que ficam na memoria de todos os visitantes!

ANIMAÇÃO ITINERANTE, MÚSICA, DANÇAS

CAVALOS & CORTEJOS

ÁREA ALIMENTAR

Tabernas onde pode provar acepipes da boa cozinha mediterrânica inspirados em receitas romana;

MERCADO

Artesãos e mercadores, que se situam no Centro Histórico, onde podem ser apreciados e adquiridos produtos como tecelagem, couro, olaria, cestaria, marcenaria e outros produtos;

DEMONSTRAÇÃO DE ANIMAIS

Cavalos, Quintinha dos Animais.

CONFERÊNCIAS 

Poderá ficar a conhecer mais sobre os hábitos e a cultura do período romanonas várias conferências que acontecem por estes dias na Beja Romana:

‘A água que a terra abraça – a exploração dos recursos naturais na época romana’, com Filomena Barata do Museu Nacional de Arqueologia, ‘Villa Romana de Pisões: Ontem , Hoje e Amanhã’ com André Carneiro (arqueólogo) e Bento Caldeira (Físico) da Universidade de Évora; ‘Especiarias e Ervas Aromáticas na Roma Antiga’ com Prof. Dr. Luis Carvalho e Dra. Paula Nozes do Museu Botânico – IPBeja;

FORMAÇÃO - SEMANA DA PAX

A Beja Romana está nas escolas, o enquadramento histórico, os testemunhos da presença romana no território, as danças e os combates são alguns dos temas abordados nestas sessões dirigidas à comunidade educativa  e ao movimento associativo;

EXPOSIÇÕES

Testemunhos da presença romana no território podem ser observados nas várias exposições que decorrem durante a Beja Romana: ‘Construindo Espalharei por toda a parte… O Engenho Romano’, Adornos de Cerâmica, Arquitetura Romana e Vestígios que os Romanos nos deixaram em Beja, Exposição de Tecnologia e Inovação Romana, Sentir Pax Julia - Exposição de Artes, Exposição de Maquetas, Mosaicos e Frescos Romanos, O Arco Romano – reconstituição da proposta de Leonel Borrela;

OFICINAS DE COZINHA

A Chefe Saudade Campião demonstra-nos uma receita inspirada nos registos da cozinha antiga acompanhada pelas sábias palavras de quem estudou a botânica desse período, o Professor Luis Carvalho e a Dra. Paula Nozes. ‘Ervilhas à Moda de Vitélio’ é a proposta que apresentamos para o dia 25 de maio.  Uma receita que terá sido dedicada a Aulo Vitélio, imperador nos últimos meses de 69 d.C. que se distinguiu mais pelas recreações gastronómicas do que pelas medidas tomadas na gestão do Império. Provas de Vinho da Talha;

MUSEUS À NOITE

Os museus de Beja abrem à noite durante a Beja Romana;

PANIS E VINIS IN PAX JULIA

A Associação  Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo apresenta “Panis et vini in Pax Iulia”, Uma breve viagem no tempo onde, através da música e da representação, se conta a história do pão e do vinho com o recurso a réplicas de utensílios utilizados pelos romanos;

PEDDY PAPER 

‘À DESCOBERTA DE PAX JULIA’ em forma de brincadeira propomos uma descoberta dos vestígios romanos da cidade de Pax Julia;

BEJA MONUMENTAL

POSTO DE REALIDADE VIRTUAL – uma viagem no tempo que permite compreender a evolução da presença de diferentes povos que habitaram este território ao longo dos tempos;

TABERNA ROMANA

ENCONTRO DE VIAJANTES – Narrativa audiovisual e multimédia pelo curso TESP de Som e Imagem do IPBeja;

CONCURSOS DE FOTOGRAFIA DIGITAL E ARTES 

SENTIR PAX JULIA;

ESTACIONAMENTO GRATUITO

Estacionamento subterrâneo da Av. Miguel Fernandes;

ÁREAS TEMÁTICAS

_MG_506110.JPG